top of page

Piano é o protagonista do arranjo da nova canção Jan Thomassen


por: Paula Poltronix / Divulgação

"Saudade, luto, dor, amor" são palavras que melhor descrevem o sentimento da nova canção autoral do cantor, compositor e multi-instrumentista Jan Thomassen, norueguês radicado no Bahia desde 2010. O single intitulado "Sunday Night" tem letra em inglês, arranjo estrelado pelo piano e sonoridade definida pelo artista como "balada orgânica de rock/pop".


"Sunday Night" surgiu a partir de uma experiência pessoal de Jan, mas que traduz sentimentos universais. "Eu perdi a minha mãe quando tinha 15 anos. ‘Sunday Night’ é sobre perder alguém que você ama, e o vácuo que isso cria depois que essa pessoa não está mais na sua vida. Escrevi a música tentando imaginar como essa situação foi para o meu pai na época, que perdeu a parceira dele depois de 20 anos casados.", contou ele.


Este lançamento é a sequência de uma carreira de um artista de 44 anos nascido em Kristiansand (Noruega) e radicado em Maraú (Bahia). Com referências musicais como Nirvana, Pearl Jam, Soundgarden, Alice in Chains, Coldplay, John Mayer, entre outros, o músico tem uma discografia que reúne um álbum, dois singles e um EP, este lançado com sua banda homônima. Como destaque, também participou do disco "Origens" do Edi Rock (Racionais MC's), na faixa "Upperhand (Inferno Astral)", composição de Jan com o rapper.


Também empresário, Jan Thomassen vive a música desde que nasceu, tendo a influência de seu pai, professor de música. Aos 12 anos, já tocava escaleta, piano, clarinete e violão/guitarra, estes de forma autodidata e são hoje seus principais instrumentos. Jan já participou de bandas, e atualmente está em duas paralelamente à carreira solo: uma banda que leva adiante suas composições e um grupo de cover, chamado Boreal. Jan já se apresentou em palcos de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo (na capital paulista esteve 2 vezes no Radio Rock 89).


É esta experiência de palco e estúdio que acompanha “Sunday Night”, canção gravada no Estúdio Stereoutono (Belo Horizonte-MG), sob produção musical, mixagem e masterização de Marcelinho Guerra, indicado quatro vezes ao Grammy e vencedor em 2022. O lançamento está disponível em todos os serviços de streaming desde o dia 25 de novembro.



Ficha técnica

Interprete: Jan Thomassen

Composição: Jan Thomassen

Vocal, piano e violão: Jan Thomassen

Guitarras: Marcelinho Guerra

Teclados e arranjos cordas: Marcos Abjaud

Batera: Felipe Contentino

Baixo: Olavo Barbi

Mix e master: Marcelinho Guerra

Letra

Head on my pillow

Wondering how things got so out of hand

Drops of rain tap on my window

How I miss you Laying here in bed

The song you loved plays on the radio

And it makes the emptiness

Grow wild

The absence of your

laughter Is like white noise

Burning inside

You only know what you had

When it’s gone

And there is nothing left

To feel anymore

Desperate times and

desperate measures

When a man loses his treasures

And it’s too late to repair

Another endless hour

There’s no time for sleep

the night is long.

An ocean of old memories

floats between the walls

and the thick darkness.

You only know what you had

When it’s gone

And there is nothing left

To feel anymore

Desperate times and

desperate measures

When a man loses his treasures

And it’s too late to repair

You only know what you had

When it’s gone

And there is nothing

left To feel anymore

Desperate times and

desperate measures

When a man loses his treasures

And it’s too late to repair

Siga Jan Thomassen



Fonte: Matheus Luzi/ Assessoria

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page