top of page

"Na Curva a Me Esperar" é o novo single do carioca Bersote


Crédito: Elisa Maciel / Divulgação

O cantor e compositor Bersote dá sequência à sua carreira fonográfica com o single "Na Curva a Me Esperar", o primeiro após "Calor", seu EP de estreia. Nesta canção, Bersote é existencial e questionador. A sonoridade, por sua vez, é definida por ele como "bossa-nova-bolero moderna com pegada pop". O lançamento revela as aspirações do artista quanto aos seus pensamentos e sua musicalidade.



Produzida por João Mansur, parte do duo 'akhi huna e colaborador de Totô de Babalong, "Na Curva a Me Esperar" está disponível nos streamings a partir de 18 de setembro. As fotos do projeto são de Elisa Maciel, que já fotografou artistas como Bala Desejo, Mãeana e Bruno Berle.


“Esta é uma música sobre auto descoberta, sobre alguém que está abraçando a complexidade de se conhecer e talvez se amar. Os versos carregam um desejo de futuro, uma curiosidade por esse ‘eu’ misterioso. É sobre alguém que está à espreita, esperando por esse novo eu. É por isso que o refrão tem uma mensagem para si mesmo, ‘Cuidado ao virar a Augusta, eu vou estar na curva a me esperar’;. Até mesmo o fato de a faixa soar super carioca, mas mencionar uma rua de São Paulo, reforça essa dicotomia.”, contou ele.


Embora tenha uma mensagem complexa, a canção surgiu de forma espontânea, a partir da própria curiosidade do artista pelo futuro e seu acaso. "Foi um processo muito rápido. Criei a melodia e me vi cantando pelos cantos, que é como geralmente sei que uma canção pode ficar boa. A partir daí, comecei a compor os versos e depois mostrei para o Bruno, um dos compositores da faixa, que me ajudou a mudar vários versos e fez uma mudança estrutural no refrão que deixou tudo mais interessante."


Bersote confessa que a musicalidade do single é, em certa medida, um tanto indefinida. "Eu nunca sei se essa faixa é uma bossa nova ou um bolero. Acho que tem um pouco dos dois, mas algo novo também. O violão é obviamente presente, mas tem também um beat bem compassado. A faixa é bem longa e vai ganhando força aos poucos, com um refrão bem mais alto e agudo que os versos, que por sua vez são bem graves e arrastados como na bossa nova. Essa diferença traz essa sensação de ambiguidade."


Quanto às influências, Bersote conta que “o canto soproso e arrastado da bossa nova é certamente uma influência, ao mesmo tempo em que o balanço do bolero é bem presente também. Eu estava ouvindo muito Luiz Melodia e João Donato na época, um pouco de Rodrigo Amarante também. Jorge Ben Jor, nem preciso falar, acho que ele está em tudo que eu faço, e ainda mais nessa faixa.”, diz ele.

SOBRE BERSOTE

Nascido em Macaé (Rio de Janeiro) e vivendo na capital carioca desde os 18 anos, Bersote é cantor e compositor, além de jornalista, ator em formação e ilustrador/pintor. Hoje com 29 anos, Bersote estreou sua carreira solo oficialmente neste 2023 com o EP "Calor", embora sua vida musical tenha iniciado no início da adolescência.

Suas principais influências são Jorge Ben Jor, Ella Fitzgerald, Caetano Veloso e Billie Holiday, mas outros artistas como os de R&B, rap, MPB, bossa nova, jazz, entre outros, também são referências em suas canções.

“Todas as minhas canções estão dentro do guarda-chuva da MPB, mas com uma identidade pop, mesmo quando vou para o jazz ou para a bossa nova. Eu gosto dos refrões chiclete, gostosos de cantar. Isso é algo que flui muito naturalmente porque sempre ouvi muita música popular.”, contou Bersote. Já em suas letras, Bersote explora a autodescoberta, o dia a dia, e o amor, ainda que este com um cunho filosófico e questionador.”

FICHA TÉCNICA

Canção:

Composição: Bersote e Bruno Soares dos Santos

Arranjos e Produção Musical: João Mansur

Mix e Master: João Mansur

Fotografia: Elisa Maciel

Arte da capa: Bruno Soares dos Santos

Clipe:

Direção, Fotografia e Cenografia: Bruno Soares dos Santos

Roteiro e Argumento: Bersote e Bruno Soares dos Santos

Edição: Bruno Soares dos Santos

Coreografia: Nina Sofia Salomon

Figurino: Bersote

Produção Executiva: Bersote

SIGA BERSOTE



Fonte: Matheus Luzi

3 visualizações0 comentário
bottom of page